sábado, 31 de dezembro de 2011

Resultado da Dica de Leitura Premiada!

Uma insistente pedra no rim direito tirou-me do ar e da web por um bom tempo! Ainda está por aqui e me faz recordar o poeta: "...no meio do caminho tem uma pedra." Tem apenas uns míseros milímetros e me atormenta há semanas, mas me faz acreditar, neste apagar das luzes de 2011, que será mais uma dificuldade que deixarei pra trás, infelizmente, ao que tudo indica, apenas em 2012! O ano que termina foi repleto de alegrias, desafios, amadurecimentos e se vai, como sempre acontece nesta época, acompanhado das esperanças todas. Foi um ano difícil, de muito trabalho, algumas surpresas, muitas sacudidas e, sim, realizações e frustrações também! Acima de tudo foi um ano pleno de aprendizado, de amizades solidificadas, de vontades que se converteram em projetos e projetos que se concretizaram, deixaram de ser apenas sonho, desejo, vontade! Nestas últimas palavras do ano, mais do que simplesmente anunciar o nome do vencedor da Dica de Leitura premiada, quero desejar a todos um ano novo repleto de certezas e dúvidas!
Que possamos todos estar certos de nossa capacidade de driblar o impossível e fazer acontecer em nós e no mundo o que queremos e o que sonhamos. Que possamos também duvidar sempre das dificuldades, dos obstáculos e da própria dúvida para nortear nossas escolhas. Que em 2012 haja mais poesia, mais romance, mais mistério e mais aventura em nossos dias! Que tenhamos todos muitas histórias lindas pra viver e contar!
E pra terminar com boa notícia, anuncio que Luciana Almeida, do Rio Grande do Sul foi a vencedora da Dica Premiada e vai receber em casa um exemplar do livro Recado da Chuva! Parabéns a todos que participaram!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Ainda dá tempo de participar!


Atenção, últimos dias para participar da Dica de Leitura premiada, serão aceitos comentários postados até o dia 31 de dezembro, na segunda-feira dia 02/01/2012 divulgarei aqui o nome da pessoa que receberá em casa um exemplar do livro Recado da Chuva, de Célia Cris Silva e Rogério Coelho, Editora Vida e Consciência. Mas vejam bem, só valem os comentários postados aqui no blog, aqueles que estão no e-mail não concorrem e nem os do Facebook. importante também é deixar um e-mail de contato para que Contos, cantos e encantos possa entregar o livro na casa do ganhador!

Contos,cantos e encantos: Dica de Leitura: Este livro inundou minha alma de saudades, lembranças, cheiros, cores e música! A história escrita por Célia Cris Silva e lindamente ilus...

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dica de Leitura

Contos,cantos e encantos: Dica de Leitura A Dica de leitura de hoje é repetida e está no link aí de cima por uma boa causa: como é a primeira Dica de dezembro e dezembro é o mês do Natal, decidi presentear os leitores do blog com uma promoção e, claro,com a oportunidade de ganhar um exemplar do livro! Para participar, basta fazer um comentário aqui nesta postagem,indicar um e-mail para contato e responder a seguinte pergunta: Que recado a chuva traz para você? O autor da resposta mais criativa receberá em casa um exemplar do livro, cortesia da Editora Vida e Consciência. Náo deixe de participar! O livro é lindo e a leitura deliciosa!

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Escola Municipal de Educação Infantil Vila Mapa II - Porto Alegre

Na Escola de Educação Infantil Vila Mapa II, cheguei e fui logo convidada pra entrar no mundo de fantasia das minhas histórias!
Mais do que ver minhas histórias saltando das páginas dos livros pude entrar na brincadeira e revisitar lugares de meus sonhos e invenções.

Todas as salas de aula estavam completamente enfeitadas com personagens de meus livros. Nesta, a Lia, aranha costureira que tece poesia, emaranhou sua teia no teto, cada aluno da turma fez sua própria aranha com copo descartável. Muito lindo!

Cheguei na hora do almoço e fui recebida com festa, mesa especial para os livros e gostosuras preparadas especialmente pra mim! As crianças dormiam pra se preparar para a tarde agitada que teríamos...
O sono dos inocentes perturbado apenas pelo cheiro maravilhoso das delícias que foram preparadas e até o menu foi literário e inspirado em um dos meus livros: O Jacaré bilé, com ilustrações de Ìtalo Cajueiro, da editora Biruta...
 Lá pras bandas do sul, tapioca não existe, não há a goma e não se tem o hábito de fazer com o polvilho. Muita gente ficou se perguntando o motivo do meu jacaré querer comer aquilo e na Vila Mapa II os professores foram à luta pra descobrir uma receita: pesquisaram, experimentaram e até inovaram... Fui surpreendida com rolinhos de tapioca feitos na escola e recheados com negrinho( o brigadeiro deles) e branquinho ( beijinho de côco). Uma delícia em todos os sentidos!

 Cantei e contei histórias, conversei com a meninada, vi os menores chegarem fantasiados de formigas carregando suas almofadas, ouvi canções entoadas só pra mim e super bem ensaiadas, vi apresentações e os trabalhos todos feitos a partir das leituras de meus livros!
Posamos juntos para muitas fotos e...

... deixei meu recado no tapete da fama, inaugurado pela querida amiga, a escritora e ilustradora Elma. Foi muito especial estar nesta tarde encantada com as crianças e com toda a equipe Vila Mapa II!

Escola Municipal de Educação Infantil Unidos da Paineira - Porto Alegre

Na Escola Municipal de Educação Infantil Unidos da Paineira, fui recebida pelas crianças na calçada. Quando o carro que me levou até lá estacionou, antes até de desembarcar, comecei a embargar, pois fui recebida em plena cantoria: as crianças cantavam e dançavam as músicas de minhas histórias. A varanda da escola, decorada com os trabalhos feitos a partir dos meus livros foi rebatizada e tudo por lá foi encantador e intenso!


Com esta escola, troquei e-mails e telefonemas desde a minha confirmação na Feira de Porto Alegre, recebi até fotos das crianças...

                                       Em cada canto algo referente a algum dos meus livros...

Tudo decorado com os trabalhos das crianças de zero a cinco anos de idade, graças aos alunos da EMEI  Unidos da Paineira, eu acabei descobrindo que em meu livros escondi confissões de preferências: uma das crianças do maternal perguntou se amarelo é a minha cor preferida. Na hora fiquei assustada, tenho clara preferência pela cor do girassol e não achei que tinha dito isso, meu interlocutor esclareceu: "é que analisando a sua obra - seus livros e cantigas - eu vi que muita coisa é amarela: o boi tem a cara amarela, o cogumelo, onde mora a joaninha é amarelo, a fada do Menino que virou fantoche é amarela e o ipê no livro do JK também! Quase amarelei de emoção!

As crianças de todas as turmas decoraram as letras e melodias de todas as minhas cantigas, posso dizer que tive na Unidos da Paineira o coro mais bacana que já me acompanhou!

Até o repente do bilé que é bem complicado pra cantar, as crianças tiraram de letra e adoraram conhecer melhor a história e o que a inspirou!
Estas carinhas felizes encheram meu coração de alegria, foi uma manhã muitíssimo especial!

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Dica de leitura


Chego correndo para não deixar para amanhã a Dica de leitura da semana! O livro que quero indicar hoje me foi apresentado pela querida Stella Maris Rezende quase sem querer. Ela o presenteou ao filho de uma amiga em comum e leu alguns versos só pra mostrar o quanto o livro era encantador. Ficamos arrebatadas. Versos para os pais lerem aos filhos em noites de luar, de Jorge Jose Letria,  com ilustrações de Andre Letria, publicado em edição caprichada pela editora Peirópolis é lindo! Sim, um livro de versos que já no título instiga pais e filhos ao afeto das leituras compartilhadas. Só por ser um livro de versos já mereceria a indicação. Imaginem vocês o que senti quando Stella, com seu eterno jeitinho de fada, sentada ao lado da nossa amiga que espera quase no nono mês de gestação a chegada de uma Alice, começou a ler:


 "Com versos da cor da lua
és tão grande e pequenino
como esta página branca
em que leio o teu destino.
Dorme agora sossegado
como as nuvens à noitinha
que eu fico aqui a teu lado
com a tua mão na minha.
Com versos da cor da luz
é que eu embalo o teu sono
nessa cadência suave
das cantigas no Outono.
E vêm bruxas e fadas,
duendes e feiticeiras
com mantos feitos de bruma
para saltar as fogueiras.
Com versos feitos de sonho
é que eu te faço sonhar
que és golfinho e rouxinol
ou peixe de prata a brilhar.
E cada linha que tu lês
é perfeita como o traço
de um pintor que te envolve
com as cores de um abraço.
Cada palavra que leres
há-de alargar o teu mundo
acrescentando sentido
ao que sabes lá no fundo,
e aquilo que tu nomeias
passa a ter nome e lugar,
tesouro de sons soletrado
quando te pões a falar.
Cada palavra que aprendes
tem o gosto da aventura
e a magia secreta
que há no acto da leitura.
Cada palavra que escreves
é um fruto já maduro
que cai da árvore dos sons
e tem sabor de futuro.
Cada palavra aprendida
sabe a estrelas e a ilhas
e vai pela mão de Alice
ao País das Maravilhas.
Cada palavra já lida
ao mapa há-de acrescentar
mais uma rota esquecida
que os livros hão-de lembrar.
Cada palavra já lida,
seja em Lisboa ou em Tóquio,
há-de deixar-se
guiar pelo nariz do Pinóquio,
e mesmo se for mentira
aprenderá com o seu guia
o que vale para quem lê
esse dom da fantasia.
Cada palavra que nasce
mesmo no centro da fala
é como um tesouro oculto
no recanto de uma sala,
e pode ser um unicórnio,
dragão ou mesmo arlequim,
transformando-se numa pomba
quando a história chegar ao fim." 
 Claro que não resisti, precisei buscar o livro que ganhou um sentido todo especial pra mim. O presente era para a Viviane e sua Alice, ainda aconchegada no ventre da mãe, na verdade, para o Lucas, o primogênito, leitor voraz, que aos cinco anos adora livros e quadrinhos e se orgulha de ter na biblioteca da casa o seu lugar preferido, o que orgulha também os pais. Hoje consegui o meu exemplar e bem feliz, resolvi que seria a Dica de Leitura da semana. Por plantar poesia, por incentivar o vínculo afetivo forte que se cria entre pais leitores e filhos ouvintes e vice-versa! Por acalantar com versos lindos o meu coração, por alimentar a fantasia de um jeito até meio banal, este livro passou a ocupar um lugar bem especial entre os meus favoritos!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Escola Estadual de Ensino Fundamental Machado de Assis

Além das escolas municipais que visitei pelo projeto Adote um Escritor na Feira do Livro de Porto Alegre, tive a alegria de fazer parte também do programa Lendo pra valer e pude conhecer a Escola Estadual de Ensino Fundamental Machado de Assis.

Cheguei à Escola em dia de Provinha Brasil, a avaliação aplicada pelo MEC para medir a qualidade do ensino. Mas nem a tensão de uma prova tão importante foi capaz  de apagar a empolgação das turmas do 4º ano que trabalharam meus livros ao longo do ano letivo. Mais uma vez, encontrei corredores e salas enfeitados com personagens de minhas histórias, olhos cheios de brilho e muitos sorrisos...

                         Crianças de 8 a 10 anos, algumas de 12 e 13 que também vieram se aconchegar nas leituras e histórias contadas e cantadas, deram-me de presente um bate-papo super antenado! As professoras também me emocionaram um bocado com seus relatos pessoais sobre volta à infância e  o mundo de sonhos que descobriram durante as leituras e naquela conversa descontraída sobre leitura literária e histórias que surgem cheias de fantasia, costuradas no corriqueiro do dia-a-dia!
As horas passaram e nós nem percebemos, foi uma manhã muitíssimo especial! Depois das histórias, cantigas e conversas, fui conferir a produção dos trabalhos que surgiram a partir dos livros. Outra vez  fiquei emocionada.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Escola Municipal de Educação Infantil Luiz de Nadal em Porto Alegre

Desde a confirmação de minha participação na Feira do Livro de Porto Alegre comecei a receber e-mails das coordenadoras e até de algumas crianças das escolas que eu visitaria durante minha visita à Feira como parte dos Projetos Adote um Escritor, das Escolas Municipais, em que toda a nossa obra é lida ao longo do ano e trabalhada com as crianças nos mais diversos sentidos e Lendo pra valer,  que atende Escolas Estaduais também proporcionando a leitura dos livros do escritor que visitará a escola durante os dias de Feira. A Escola Municipal de Educação Infantil Luiz de Nadal, que fica no bairro Restinga foi meu primeiro encontro com os projetos e com a comunidade escolar em Porto Alegre!

Cheguei na tarde do dia 09/11 e fui recebida com euforia por bebês, crianças e educadores da escola que atende crianças de 0 a 5 anos de idade. Por onde passei encontrei referências às minhas histórias. Os pequenos, mesmo os menores, de chupeta e carrinho, mergulharam pra valer no clima dos meus livros. Claro que cantei e contei histórias!

Apesar do enorme calor que fazia naquela tarde de quarta-feira, passei momentos muito felizes com a turma empolgada da EMEI Luiz de Nadal...

Os personagens e cenários de meus livros ganharam cor e forma dentro e fora da escola. Aí a casa cor de rosa do Jardim encantado e a vida embrulhada pra presente! Uma emoção sem tamanho!

A turma do berçário II muitíssimo orgulhosa fez questão de mostrar as fotos do dia da pintura da casinha. Muito fofos os pintores! Fiquei comovida com tanto carinho!


Isso é que são leitores qualificados!

As turmas maiores encenaram  histórias de meus livros e adoraram conhecer os bastidores de cada história!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Dica de leitura

A Dica de leitura da semana ainda vem com ares da Feira de Porto Alegre: eu já estava namorando o livro desde que recebi o convite para o lançamento em terras gaúchas e deu certo! Eu estava lá na tarde em que a Marília Pirillo, escritora e ilustradora talentosíssima e amiga das mais queridas, autografafa seu novo filhote literário no Cais do Porto em terras gaúchas. O livro veio na sacola da Feira de POA e já alegrou meu coração ainda no voo de volta pra casa!

O livro tem sabor de amizade das boas, como esta que a Literatura me deu de presente! Marília e eu na Cais do Porto em Porto Alegre

                                                                              
  Um fio de amizade teve que esperar uns dias pra virar esta Dica muito especial. O livro escrito e ilustrado pela Marília foi publicado pela Lafonte Júnior e conta uma história deliciosa sobre dois vizinhos com uma cidade barulhenta no meio que inventam um jeito bem criativo de se aproximar! Um fio de amizade tem a delicadeza do próprio sentimento! Seja nas palavras ou nos traços e cores, Marília nos amarra e nos embala. Em tempos de comunicação pra lá de acelerada, celulares, redes sociais, redes sem fio e inúmeras facilidades tecnológicas, as crianças da história descobrem, depois de várias tentativas frustradas, uma forma divertida de conversar: por bilhetes amarrados em barbantes com pregadores de roupa que vão e voltam pela janela de cada um, uma engrenagem simples e plena de infância. Um fio de amizade é poesia pura! Marília contou em seu blog : Firulas, ilustrações e divagações que demorou seis anos pra fazer nascer a história! só posso dizer que valeu a espera! Só quem não pode esperar mais é o leitor atento para o que se produz de bom na nossa Literatura Infantil. a hora é de buscar este fio e se emaranhar nele! Eu estou completamente envolvida com tudo no livro, deu saudade das cartas, dos amigos de papel, dos bilhetinhos trocados em sala de aula e até de um vizinho incrível que eu tive na infância que morava no andar de cima e amarrava surpresas num barbante porque sabia que no apartamento de baixo moravam duas crianças - eu e minha irmã! eram balas, origamis e bonecos. Uma festa! Nós achávamos que éramos vizinhas de algum mago ou duende e amarrávamos desenhos e cartinhas na ponta do barbante que sempre era puxado de volta. Quando crescemos e descobrimos que era só o vizinho de cima que adorava nos agradar, chegamos a ficar decepcionadas!

                                                                      

domingo, 20 de novembro de 2011

57ª Feira do Livro de Porto Alegre

Precisei de um fim de semana tranquilo para conseguir escrever sobre a Feira do Livro de Porto Alegre! É sem dúvida a melhor Feira de Livro do Brasil, impecável, apaixonante e envolvente em todos os sentidos! A Feira de Porto Alegre se difere das demais, principalmente, pelo compromisso com o leitor e com a leitura. Não é uma feira apenas de negócios, focada na venda de livros. Faz parte da história da cidade e os gaúchos têm enorme orgulho de tudo o que acontece na praça! Sim, a Feira é do povo, no meio da praça, democrática e muito, muito bem organizada. Sem contar que vai muito além das barraquinhas e espaços de atividades. Acontece, graças aos programas municipais e estaduais - Adote um escritor, Fome de ler e Lendo pra valer também nas escolas de Porto Alegre e de algumas cidades vizinhas! Participei de dois destes programas, visitando Escolas municipais e estaduais e contarei aqui em detalhes em postagens específicas. Cheguei numa terça-feira à noite, quase quarta, mas ainda em tempo de comemorar no improviso o aniversário do escritor Tiago de Melo Andrade, conterrâneo meu de Uberaba, e super querido!

Tiago com o bolo de chocolate e o riso solto da Ana Célia Goda, editora não menos querida da Melhoramentos!

Na quarta-feira 09/11 pela manhã minha estreia na Feira, na Arena de Histórias...

Para um público atento e bem diverso, falei dos livros, li um pouco , contei as histórias das muitas histórias publicadas e mesmo engavetadas...
                                  Conversei sobre processo criativo, inspirações e transpirações.
Respondi perguntas...

... Contei e cantei histórias!

Foi uma alegria intensa fazer parte da programação da 57ª Feira do Livro de Porto Alegre, voltei renovada, com muitas ideias novas e um tantão de histórias!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Momentos Feira do Livro de Brasília dias 14 e 15 de novembro

Bom, como já estou atrasada nas postagens, afinal, depois de uma semana fora de casa e longe do computador, não poderia ser diferente: muita coisa está acumulada e o tempo é curto para dar conta de tudo, então vou passar uma Feira na frente de outra. A dica de Leitura da semana chegou hoje, com dois dias de atraso, em clima de Feira de Porto Alegre, mas vou pedir licença a todos para postar primeiramente sobre a Feira do Livro de Brasília, pelo simples motivo de que ela ainda acontece até o dia 20/11 no Pavilhão de Exposições do Parque da cidade e com entrada franca. De Porto Alegre, tenho muita coisa para contar, mostrar e falar, assim que conseguir organizar tudo, postarei com calma sobre todas as experiências incríveis que vivenciei no Rio Grande do Sul. Cheguei dos Pampas no domingo à noite. Deixei minha caçula adoentada e voltei com ela ainda derrubadinha, mas na segunda-feira à tarde, carente de mãe, ela me disse que não queria ir pra escola, queria ficar grudadinha comigo... Claro que eu amei e como ela estava bem melhor, fomos à Feira do Livro daqui. Apesar da chuva forte decidimos ir ao Parque. Luiza adorou o clima de fantasia no estande do Detran e no Reino dos Rs desembarcado do Indi também na Feira do Livro.


 Chegamos e fomos logo brindadas pelo maravilhoso Boniface Ofogo, escritor e contador de histórias do Camarões


Com seu traje lindíssimo e disposto a romper a barreira da língua, ele contou histórias em espanhol, no estande do Instituto Cervantes e encantou a todos...

 Divertiu e fez graúdos e miúdos esquecerem do resto para viajar com ele na história de um leão e uma cobra. A meninada ficou completamente envolvida e quem passava por perto, parava pra ouvir!

Boniface foi apenas o primeiro dos nossos tantos encontros!

Toni Brandão, foi outro presente maravilhoso da Feira do Livro de Porto Alegre, onde nos conhecemos. Ele é sucesso com os jovens leitores, escreve para pré-adolescentes e adolescentes, já vendeu mais de um milhão de livros, tem 25 títulos publicados e é um super querido! Voltamos a nos encontrar aqui, Toni veio para um bate-papo na Feira de Brasília, mediado pelo também escritor e amigo, Tino Freitas. É especializado na juventude, mas aqui atacou de capitão gancho e, claro, garantiu o sorriso e até um colinho gostoso!
Sempre uma honra encontrar pessoas como o Seu Cortez, que virou até filme! O semeador de livros começou como lavador de carros e hoje é dono de uma editora que leva seu nome e planta sonhos na vida de tanta gente!

Ontem, voltamos à Feira e aí, com a trupe quase completa para mais um dia de encontros...


No café literário com as escritoras Anna Claudia Ramos e Rosângela Rocha e...

... Na Arena de Histórias com o menino sem juízo, Tino Freitas, cantando e contando histórias de seus livros e também de outros livros deliciosos!

Hoje tive muito trabalho, mas amanhã estarei de novo na Feira para encontrar outro amigo cheio de boas histórias: o escritor mineiro Leo Cunha, que vai falar sobre poesia visual. A feira terá ainda a presença iluminada de Bartolomeu Campos de Queirós!






Dica de Leitura


                                                               
Este livro veio na sacola da 57ª Feira do Livro de Porto Alegre, Luís Dill foi uma das boas surpresas que encontrei por lá. Com jeito quieto e até um pouco tímido, o escritor gaúcho me cativou, primeiro pelos livros que já conhecia, depois pela seriedade com que se dedica a escrever para a infância. Neste livro, il.ustrado por Ricardo Costa e publicado pela Editora Paulinas, Dill apresenta uma história delicada e sensível sobre um garoto que tenta descobrir o que seu pai misterioso faz todos os domingos sozinho na garagem de casa, transformada quase em quarto secreto. Um livro que fala de relações, medos, ansiedades e que além da história traz um convite irrecusável para um mergulho junto com os personagens nos encantos e possibilidades da música de Schubert. Ao se esconder para tentar saber o que roubava o pai de todos aos domingos, o garoto desvenda mais que aquele mistério, a grandiosidade da obra musical de F. Schubert. A truta consegue juntar literatura e música magistralmente. É claro que a gente termina a leitura e vai correndo buscar o concerto para piano e cordas de Schubert para ouvir e se inundar das mesmas emoções que tomaram conta dos personagens do livro de Luís Dill. Tive a alegria de ter o meu exemplar autografado  no cais do Guaíba, onde se concentram as barracas das editoras e dos livreiros que se dedicam à Literatura Infantil e Juvenil durante a Feira do Livro, quase no improviso...


Trocamos mais que boa prosa, nossos livros e músicas!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Feira do Livro de Brasília

Cheguei ontem à noite da Feira do Livro de Porto Alegre e faço a todos um convite para entrar no clima de mais uma celebração das letras. Até o próximo dia 20/11 no Pavilhão de eventos do Parque da Cidade, acontece a 30ª edição da Feira do Livro de Brasília. Com extensa programação, participação de autores, locais nacionais e internacionais, oficinas, palestras, shows e autógrafos. Tudo de graça! Imperdível. Programa para a família toda. A programação completa você confere no site oficial da Feira:

terça-feira, 8 de novembro de 2011

De malas prontas para a Feira de Porto Alegre


Embarco daqui a pouquinho para quase uma semana de trabalho na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre. Além de conhecer a maior feira de livro a céu aberto das Américas e ter a oportunidade de mostrar meus livros e minhas histórias por lá, participarei de dois programas bem bacanas de incentivo à leitura e formação de leitores promovido pela Cãmara rio Grandense do Livro, em parceira com a Feira e as escolas municipais e estaduais: Lendo pra valer e Adote um escritor. Por conta destes programas visitarei escolas para conhecer os trabalhos que os leitores de lá já desenvolveram a partir de meus livros. Estou muito feliz e hoje recebi, logo cedo, o e-mail das coordenadoras de uma destas escolas, a Escola Municipal de Educação Infantil Unidos da Paineira. Mais que o carinho e as boas vindas, recebi a foto aí de cima! Estou contando as horas para este encontro tão especial! Quando voltar, eu conto tudo!

Uni duni ler nos Caminhos da Reportagem da Tv Brasil


Nosso clube de bebês leitores está cada vez mais famoso! Na terça-feira da semana passada, mudamos até de lugar, lá mesmo na Creche Cei Assefe, saímos do hall para o auditório para que a equipe da Tv Brasil que está fqazendo um programa Caminhos da Reportagem especial sobre leitura pudesse conferir de perto a nossa ciranda literária. Especificamente o momento da troca semanl dos livros!

E teve de tudo, até Luiza fazendo a mediação do livro Ops, de Marilda Castanha...


Claro que no ambiente novo, cheio de luzes e novidades, os pequenos estranharam um pouco, ficaram bem agitados, mas as leituras foram acontecendo como sempre, partilhadas entre pais, filhos e irmãos!
 Guillaume atacou de tradução simultânea para fazer, a pedido do Adriano uma leitura em francês.

Maria Paula, irmã do João Pedro contou desinibida para o repórter, sem nem ligar para a câmera, que em casa é ela quem faz as leituras. Não é a sócia efetiva do Clube que só tem bebês, mas entra na brincadeira deliciosa de ler com e para a família! Tomás, no colo da mãe anita, experimentava outro livro e naquela terça, acabou trocando a Margarida, do André Neves.

João Pedro também deu entrevista, assim como o André Rocha, sempre tão presente e que foi flagrado pelo cinegrafista no momento em que guardava o tesouro da semana na sacolinha do Uni duni ler; o livro A Grande Fábrica de Palavras! O programa ainda está sendo filmado em outras cidades. E deve ir ao ar ainda este ano. Aviso por aqui quando estiver previsto!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Dica de leitura

Hoje acordei inundada de mar!!! Aprendi nos livros a inventar meus próprios oceanos e rios. Com Bartolomeu Campos de Queirós, entendi que basta um punhadinho de sal na água da bacia ou no filete de água que corre no fundo do quintal para sonhar um mar só nosso. Com Tavinho Moura, entendi que podemos ancorar barcos no jardim, simples assim e com Ninfa Parreiras e André Neves, entendi que podemos navegar dentro de nós e derramar nossos sonhos e nossos mares todos. Com a maré e o sonho, foi publicado em 2006 pela RHJ, com texto poético de Ninfa Parreiras e ilustrações de André Neves  e volta e meia vem aportar em minhas leituras de cabeceira, como ondas, vai e volta e sempre traz novos encantamentos, novas formas de sonhar o mar! Num texto pleno de fantasia, Ninfa navega saudades, histórias, lembranças do que só imaginou e nos faz embarcar com ela! André dá cor, forma e textura a cada sonho, a cada imagem real ou inventada! Com a maré e o sonho é livro para ler, reler, contar e recontar sempre que aquele desejo infinito de mar nos invadir!