quinta-feira, 18 de março de 2010

Momentos meus na II Flipiri


Foram cinco dias, repletos de atividades e de encontros, muitos encontros... Encontros com leitores, encontros com escritores, encontros com amigos, familiares que aproveitaram a Flipiri para uma visita à Pirenópolis, encontros com a natureza, encontros com a arte e a literatura. Cumpri toda a minha programação e ainda consegui tempo para garantir umas atividades extras. Fiz dois dias de Itinerância, visitei escolas em Pirenópolis também, fiz oficinas para crianças e professores ( O mundo encantado do livro e das histórias e Quem conta um conto aumenta um ponto), contei e cantei histórias, ouvi histórias, fiz lançamentos de três novos livros, falei de Brasília em prosa e poesia, vi os filmes da Eliane Lage e O Romance do Vaqueiro Voador, baseado no livro do João Bosco, acompanhei debates e homenagens, assisti a Opereta caipira da turma do Guaimbê,  apreciei a deliciosa culinária goiana, fotografei o que pude e ainda não vi tudo o que tinha pra ser visto...    
                                        
No cinema lotado, a expectativa pelo início do filme baseado em meu livro e da Beatriz.

Na telona do Cine Pirineus o curta em 35 mm com direção de Ítalo Cajueiro e Elvis Kleber, com a linda trilha sonora do Tavinho Moura com suas cirandas e folias.

Emoção à flor da pele sempre que vejo o filme, um orgulho para qualquer escritor ver sua obra dando asas a outras imaginações e permitindo releituras.

Para falar sobre as mais recentes publicações: Brasília em Figurinhas, Editora Franco e JK, o lobo-guará, Editora Melhoramentos, muita prosa e poesia, inspiradas em Brasília!

Tecendo histórias, pude falar de cada livro, dos processos de criação e das tantas histórias de cada história. Jacaré Bilé, sempre sucesso entre os miúdos e os graúdos. Em Caxambu ouvi a sugestão de incluir da próxima vez uma oficina de tapioca junto com as atividades do Bilé. Sugestão anotada, mas vou ter que contar com a habilidade que tem o Marco Miranda para os quitutes!

Encontrei até o personagem da meu próximo livro: História pra boi casar, Editora Peirópolis, uma história toda cantada que sairá em livro-cd e que narra as aventuras de um boi da cara amarela, que foge pra casar com a vaca que pulou da janela. Lançamento previsto para junho próximo.

No Espaço do Escritor, o último compromisso oficial, sessão de autógrafos do Brasília em Figurinhas, Editora Franco; JK, o lobo-guará, Editora Melhoramentos e a nova edição de A menina que pescava estrelas, Editora Elementar. Na foto comigo as queridíssimas Leila e Roberta que pelo segundo ano consecutivo saem de Goiânia para conferir a Flipiri.

Ela, Luiza, que virou crônica do Ignácio de Loyola na primeira edição da Flipiri, com o sorriso de quem desde a barriga curte estar entre livros e histórias!

2 comentários:

1001 Contos disse...

Que privilégio, amiga, estar aí. Você merece tudo isto, Muito show. Obrigada por partilhar conosco! 1001 abçs fraternos da Tânia Míriam

Alessandra Roscoe disse...

Privilégio mesmo, Tânia ! Programe-se para a flipiri 2011, eu estarei lá, com certeza e adorarei encontrá-la na histórica e bucólica Pirenópolis.
Beijo.