sexta-feira, 8 de maio de 2009

À noite... outras emoções!

Depois do dia cheio de alegrias ( veja postagem anterior), uma noite também repleta de bons momentos. A querida escritora Lucília Garcez foi homenageada na Biblioteca Demonstrativa de Brasília (BDB), junto com outras personalidades da cultura e da literatura na cidade. Lucília passou a batizar o espaço infantil da BDB e os amigos da nossa Casa de Autores compareceram em peso para aplaudir a bela iniciativa da Conceição, que há vários anos à frente da Biblioteca sempre surpreende a todos com belas iniciativas. Jô Oliveira, que já batizou a gibiteca da BDB e que é membro honorário da Casa de Autores e parceiro de Lucília na literatura, também foi levar o seu carinho!
Dad squarisi, João Bosco Bezerra Bonfim, Lucília Garcez, eu, Célia Madureira, Luiza, Alexandre Lobão, Solange Cianni, Raquel Gonçalves, Jô Oliveira, Clara Rosa e Rosângela Vieira.

Lucília, minutos antes de ser "imortalizada" e ter seu nome na placa do nobre espaço destinado às crianças na BDB.

Lucília e os homenageados, entre eles o poeta Gougon, que deu nome à Galeria da BDB e tornou pública sua vontade de plantar versos nas calçadas de Brasília. Gougon e o grupo Ciranda do Mosaico http://mosaicosdobrasil.tripod.com/ fizeram lindos painéis com versos de poetas da cidade em mosaicos e enfeitaram vários pontos de ônibus de Brasília, mas os mosaicos foram confundidos com publicidade e, simplesmente, acabaram sendo destruídos por fiscais do Governo do Distrito Federal. A falta de sensibilidade mobilizou poetas, escritores, artistas, cineastas e intelectuais num protesto divertido, na época da "derrubada". Os "manifestantes" auto-intitulados Loucos de Pedra, plantaram versos na sarjeta e receberam até um pedido de desculpas público e envergonhado do Governador Arruda ( ver postagens dos dias 9 e 10 de julho de 2008 aqui no blog). Felizmente, outra boa idéia da Biblioteca Demonstrativa recolheu a turma e a poesia que estava na sarjeta: Conceição abriu todos os espaços da BDB para os mosaicos poéticos, que já enfeitam algumas paredes da Biblioteca!
Aí em cima um dos mosaicos com versos do saudoso poeta Cassiano Nunes! Também enfeitam o prédio da BDB, poesias ilustradas de Vera Americano e Angélica Torres. O próximo painel terá versos de Nicholas Behr! A luta agora é pelas calçadas poéticas no projeto de revitalização da W3. Luta apoiadíssima com muitos vivas à poesia!



Um comentário:

Anabe disse...

Linda festa!!! Parabéns a Lucília e abraços ao querido amigo Jô!!!
Anabe