terça-feira, 13 de setembro de 2011

Atrás do olho fechado - Os bastidores da gravação do CD que acompanhará o livro!

Atrás do olho fechado é o título do meu próximo livro, também um livro cd, mas diferente de todos os que já publiquei. É um romance em microcapítulos para estimular nos mais miúdos o hábito da história de ninar partilhada com pessoas queridas e nos que acabaram de se alfabetizar, o hábito do livro de cabeceira. Todos os capítulos são bem curtos, tem começo, meio e fim. Na história, uma das personagens compõe uma cantiga de ninar para a filha, a música Atrás do olho fechado, que fiz para minha filha mais velha ,Bia, quando ela percebeu que não somos eternos. A música e a história do livro inspiraram o parceiro  na vida e na arte Orlando Neto e o pianista espanhol Cope Gutierrez que fizeram a partir delas  a suíte Atrás do olho fechado em seis movimentos executados com piano, voz e uma orquestra de câmara com 12 músicos, regidas pelo maestro Joaquim França. Registramos em imagens a preparação e a gravação. Momentos que guardaremos não apenas atrás dos olhos fechados!

Tive uma fada-madrinha: Daniela Tostes que com suas aulas de canto me fizeram descobrir a voz em mim!

                  Foi um trabalho específico para a gravação da música, mas muito especial!

O estúdio Beco da Coruja foi o palco das gravações.

Na primeira delas, com a Oquestra de Câmara, a turma técnica: Orlando Neto, Oswaldo Amorim, Lautaro e André Togni, dono do estúdio registrando tudo!

                                      Os músicos e o maestro Joaquim, se preparando para gravar.

Todos atentos e conferindo as partituras de seus instrumentos: ao todo sete violinos, duas violas, dois violoncelos e um contrabaixo acústico.

                                               Ao final da gravação, pose para a foto!

Na segunda gravação, Lautaro e Orlando acertando tudo...

... para que eu pudesse colocar em prática tudo o que aprendi com a Dani e que venho guardando da música em mim!

A canção foi gravada em duas versões, uma com arranjo de cordas, piano e voz e outra mais acalanto apenas com piano e voz que entrará no cd como faixa bônus.

Como nem tudo é perfeito, na primeria gravação não foi possível aproveitar o que tocou o contrabaixo e precisamos voltar ao estúdio para regravar todo o baixo e da segunda vez com o outro músico: Daniel Abreu, talentosíssimo!

A viola também teve problemas, na primeira gravação: o microfone não havia captado absolutamente nada e Marie teve que gravar tudo de novo numa manhã de domingo e depois da apresentação na véspera com o grupo All you need is love, cover dos Beatles. e tocou lindo sem reclamar! 
A edição e a mixafem foram feitas na Espanha, sob o comando de Cope Gutierrez e a masterização no Estúdio Batemastersom, no Rio de Janeiro...
Com a dedicação de Amaury Machado...

Profissional reconhecido com dois Grammys Latinos 

Orlando, sempre parceiro, concebeu a ideia da trilha sonora partindo da busca de uma melodia no piano e trabalhou mesmo à distância afinadíssimo com o amigo Cope lá da Espanha. Foram meses de intenso trabalho, muitas trocas e conversas pelo Skype. O resultado emociona a todos.

Cope Gutierrez, pianista e músico já experiente em trilhas sonoras para cinema na Espanha, trouxe ao nosso projeto a grandiosidade de seu trabalho, mudou a concepção do que eu imaginava e na parceria com Orlando construiu uma suíte de beleza ímpar. A todos o meu muito obrigada! Agora é com a competente Miriam Gabbai da Editora Callis!

10 comentários:

Alexandre Rocha disse...

Belíssimo post, Alessandra. As imagens falam de um trabalho altamente profissional, mas nem por isso menos apaixonante. Parabéns para você, o Orlando e todos os outros envolvidos.

Cristina Sá literaturainfantilejuvenil disse...

Alessandra,
Já estou com os olhos bem abertos esperando o seu novo livro: ATRÁS
DO OLHO FECHADO.
Pelo que vi, está tudo sendo feito
com muito carinho.
Sucesso!
bjs
Cristina Sá do blog:
http://cristinasaliteraturainfantile
juvenil.blogspot.com

Alessandra Roscoe disse...

Obrigada, Alexandre! Atrás do olho fechado é um trabalho muito especial para mim. Tem muitas referências autobiográficas e é diferente mesmo de todos os meus livros. Tem muito de mim, dos meus sonhos, não é só uma história para crianças grandes e pequenas. espero de coração que envolva os leitores com a atmosfera de paixão e afeto que tomou conta de mim ao escrever cada palavra e pensar na música, na história, no que será o livro!

Alessandra Roscoe disse...

Cristina,

Esteja certa que quando sair o livro você ficará sabendo, prometo avisá-la e quem sabe programar um lançamento no Salão do Rio. Eu adoraria! enquanto o livro não fica pronto, eu sigo curtindo o carinho de pessoas como você: amigas que a literatura trouxe pra bem perto, mesmo há alguns quilômetros de distância.

joseane disse...

Alessandra,
Não esqueça de me avisar também pq ja estou curiosa p/ vê ok!!

bjks e q Deus venha abençoando + e + seu lindo e gratificante trabalho flor!

bye bye e ate +

pj-fazendoart.blogspot.com

Tino Freitas disse...

Querida Alê, você que sabe de tudo pro trás de cada olho fechado e aberto que participou desse projeto ainda não sabe o melhor: o bater forte do coração de quem, distante de nós, leitor de outras paragens, vai ouvir e se emocionar com sua história e música. Tudo está absurdamente lindo. Ímpar (gente, li e ouvi tudo e foi de arepiar). Quando isso acontecer, você verá - de fato - a riqueza de compartilhar a sua arte. Aprovete CADA instante. Estou sempre na torcida pelo seu sucesso. Mas, sempre, e antes de tudo, na torcida pelo seu sorriso. Atrás do olho fechado.

Alessandra Roscoe disse...

Joseane,
Pode deixar , eu a avisarei! Obrigada pelo carinho!
Beijocas!

Alessandra Roscoe disse...

Tino, suas palavras me emocionaram! Saiba que o sorriso brotou e não só atrás do olho fechado, no território dos sonhos, não! Mas desaguei também um bocado e acho que continuarei derramando-me ainda. Ando na fase em que até o meu cérebro sente e o coração é que tenta pensar e, calro, não consegue! Você que acompanha este e tantos outros sonhos tão de perto sabe o quanto essa história mexe comigo. Muito bom poder partilhar com você, com os amigos queridos que fazem parte dela e em breve com os leitores! Também estarei sempre na sua torcida!
Beijo enorme!

Celso Cavalcanti disse...

Alessandra, parabéns pelo blog e, principalmente, pela militância em prol da cultura. Pais e filhos de hoje e sempre agradecem!!!
Abraço fraterno!

Alessandra Roscoe disse...

Obrigsda, Celso!
Na verdade não me sinto militante, é só a vontade de partilhar com mais e mais pessoas a beleza que a arte e a literatura trouxeram para a minha vida!
Grande abraço!