terça-feira, 14 de maio de 2013

Para Romilda!



Eu, que sempre fiz da palavra minha lavra fiquei muda nos últimos dias, mergulhada num silêncio repleto de tristeza, dor e impotência, mas um silêncio povoado de imagens, lembranças e afetos. Se tivesse que escolher uma só palavra para definir o estado do meu ser neste momento tão difícil de ausência, esta palavra seria AMOR, pois mesmo em meio a todo o vazio, o que fica forte em mim ao pensar na minha mãe, na minha irmã, nos nossos maridos e filhos, na família da qual Dona Romilda tanto se orgulhava, é o amor incondicional que ela nos dedicou em cada um dos seus dias. Ela viveu para nós e agora olhará por nós de onde estiver. Eu peço a todos que guardem dela a imagem da alegria, a gargalhada espalhafatosa e contagiante, o jeito debochado e muito autêntico de lidar até com as dificuldades. Agora, talvez, a melhor forma de homenageá-la seja simplesmente amar e amar com toda a intensidade a todos que nos rodeiam, como ela nos ensinou.



                     Foto de Liana John Galeria: Terra da Gente



Minha mãe amada,
Neste Dia da mães plantamos para você, no jardim de casa, um Ipê branco. Uma singela homenagem que prestamos a você, no meu mais difícil Dia das mães, o primeiro sem você. Suas filhas, seus genros e seus netos, juntos na saudade enraizando nesta muda, que irá crescer e florescer o nosso amor sem limites a você que tanto preencheu nossos dias com sua dedicação. Você que adorava aguar as plantas, visitar a horta, pegar frutas no pé, agora tem um cantinho só seu no nosso jardim! A árvore ainda é futuro, hoje apenas pequena muda, mas prenha de esperança. Esperamos que cresça e possa simbolizar nosso carinho e nossos laços que agora precisarão de novas formas e de uma outra dimensão bem maior que esta. A tristeza, o vazio, a saudade apertam nossos corações, mas seu amor sempre tão gigante e a força que era sua marca registrada nos farão encontrar forças também a cada dia. Seu ipê foi escolhido pelo Orlando com muito carinho. Eu queria uma árvore e uma árvore de flor que representa a delicadeza, a força, a beleza... O ipê, que sabe inventar sua própria primavera não é apenas uma árvore que floresce, é encantamento, maravilha, vida em estado bruto e revelador. As flores brancas são nosso desejo de paz para você e nosso pedido para que se eternize em cada broto, como o nosso anjo a zelar por todos nós e  a nos abrigar no aconhchego de suas asas acolhedoras. Cada galho, cada, folha, cada flor deste ipê serão dedicados a nos aproximar em nosso amor que agora aprende outros jeitos de ser vivido. Nós amamos você Romildinha!
O ipê foi plantado sob a luz de uma lua linda por todos nós neste 12/05/2013.


Um comentário:

Lemon Chic disse...

I love your blog :) follow me and I'll follow you

kiss


http://lemonchicbeautyfashion.blogspot.it/